Autoconsumo

painéis solares fotovoltaicos

energia solar

aquecimento central

energias renováveis

geotermia

bombas de calor

ar condicionado

manutenção sistemas solares

instalador solar

energia fotovoltaica

caldeiras biomassa

sistemas solares termossifão

circulação forçada

reparação sistemas solares

A Energia Solar Térmica


Um Sistema Solar térmico é uma instalação que permite o aquecimento de águas através da inesgotável fonte de energia natural que é o sol.
Este sistema permite oferecer uma grande eficiência na produção de água quente, de forma simples, utilizando equipamentos com um largo período de vida útil e com a garantia de qualidade dos fabricantes.
Os sistemas solares térmicos fornecem água quente para várias necessidades: água quente sanitária, apoio ao aquecimento central, aquecimento de piscinas e mesmo aplicações industriais.
Um sistema solar adequado garante um ótimo aproveitamento da energia solar, contribuindo assim, para uma poupança energética que pode chegar aos 80%, aliada a uma reduzida emissão de gases nocivos para a atmosfera.
Portugal, com uma radiação solar média, por m2 de cerca de 1700Kwh/ano encontra-se em condições bastante favoráveis para a exploração desta fonte de energia renovável.

Os tipos de sistemas solares para aquecimento de águas sanitárias são os seguintes:
O termossifão


termossifão Sem duvida o mais simples e económico tanto do ponto de vista da aquisição como da manutenção, em que o principio de funcionamento é como o próprio nome indica, o do termossifão, ou seja, segundo as leis da fisica, a densidade dos liquidos diminui quando aquecidos e tendem a deslocar-se para a parte superior do local onde se encontram (depósito acumulador).

Este sistema é normalmente vendido em 'kit' já com a totalidade dos componentes constituintes pré-dimensionada, é composto por um a dois ou três painéis, conforme as marcas, um depósito que varia entre os 150 e os 350 litros, a escolha deve basear-se sempre nos hábitos de consumo de cada habitação, ou, no caso de habitações novas, no numero previsto de ocupantes, calculando-se uma média de 50 litros diários por cada pessoa. O depósito fica sempre montado acima dos painéis para tornar possível a circulação natural do fluido de aquecimento em termossifão
A Circulação Forçada


circulação forçada Neste circuito a circulação do fluido aquecido nos painéis é forçada através de uma bomba circuladora acionada por uma central de controlo ligada a vários sensores para otimizar a gestão e eficiência do sistema solar.
Os sistemas solares com circulação forçada, além dos componentes já referidos para o termossifão, são ainda compostos por: grupo de circulação, centralina de controle, sondas, purgadores e vaso de expansão do circuito fechado. Se for um sistema com alguma dimensão, de apoio ao aquecimento central ou para aquecimento de piscinas poderá ter um depósito de inércia e permutadores de placas.

Como vantagens relativamente ao termossifão, salienta-se o facto de ser mais agradável visualmente, pois não tem o depósito por cima dos paineis, e como está normalmente dentro de uma divisão da habitação mantém mais fácilmente a temperatura, as desvantagens são a distância das tubagens que transportam o fluido térmico, e o preço.
Por favor, preencha o formulário, responderemos com a maior brevidade possível.
Nome:
Localidade:
Email:
Informação Adicional: (400 caracteres restantes)
Os dados fornecidos destinam-se ao contacto por GrauSolar e não serão facultados a terceiros.